voltar / Notícias
17 mai 2021

 A indústria alimentar, tal como a construção e outras indústrias, é um ambiente de trabalho com vários riscos para a saúde dos trabalhadores. Objetos pesados, objetos afiados, partículas no ar, projeções e temperaturas extremas são apenas alguns dos exemplos de potenciais perigos para a sua saúde.

 

A segurança dos trabalhadores tem de estar sempre em primeiro lugar. Por outro lado, é igualmente necessário assegurar a qualidade e segurança dos próprios alimentos, uma vez que estes podem muito facilmente ser contaminados.

 

É por estes motivos que a utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) nesta área é tão importante. Os EPIs não só minimizam o risco de acidentes de trabalho, como também garantem a total proteção da qualidade dos alimentos.

 

PROTEÇÃO AUDITIVA

 

Em muitas das indústrias alimentares, o uso de proteção auditiva é de extrema importância, uma vez que o ruído causado pelo equipamento pode ser muito alto e constante, podendo trazer problemas auditivos a longo prazo.

 

Nestes casos, é recomendável o uso de EPIs como tampões auditivos, abafadores, ou até mesmo protetores de comunicação que irão minimizar as probabilidades de desenvolver um problema auditivo.

 

PROTEÇÃO OCULAR

 

Na indústria alimentar, é comum haver partículas no ar que podem facilmente entrar em contacto direto com os seus olhos e afetar a sua visão. No exercício de muitas funções há um alto risco de projeção de partículas ou detritos que podem afetar gravemente a visão.

 

Para evitar estes perigos, é recomendável a utilização de óculos de proteção.

 

PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA

 

A exposição às partículas não traz consequências apenas para a visão, mas também para o sistema respiratório. A exposição a estas partículas pode fazer com que desenvolva doenças respiratórias, tais como a asma.

 

EPIs como máscaras e respiradores têm um papel fulcral na prevenção destas doenças. Estes ainda evitam que a saliva de um funcionário possa atingir os produtos e comprometa a segurança alimentar.

 

ROUPA DE PROTEÇÃO 

 

Existem diversas roupas de proteção com os mais variados propósitos. Fatos descartáveis, batas de laboratório, toucas e luvas impedem a ocorrência de contaminações cruzadas.

 

Os aventais são frequentemente necessários para proteger o trabalhador de cortes, choques físicos e queimaduras. Na indústria alimentar, os aventais por norma têm de ser espessos e impermeáveis.

 

Na Dikamar, temos aventais de PVC que lhe vão oferecer o melhor conforto e proteção. Saiba mais aqui!

 

Na indústria alimentar os ambientes com temperaturas extremas, como fornos e câmaras frigoríficas são uma realidade. A exposição a estas temperaturas sem o devido equipamento pode trazer consequências graves para a sua saúde.

 

Caso trabalhe num destes ambientes use sempre EPIs térmicos e, especialmente, um fardamento térmico.

 

Se trabalha especificamente em ambientes frios, o fardamento Ticeworkwear®  é perfeito para o manter quente e confortável nas temperaturas mais baixas. 

 

CALÇADO DE SEGURANÇA

 

Na indústria alimentar, é frequente ter pisos molhados ou escorregadios. Sem um calçado antiderrapante adequado, facilmente um trabalhador pode escorregar, cair e ter algum tipo de lesão.

 

É igualmente comum trabalhar com materiais que podem cair em cima dos seus pés e magoá-lo. Outros materiais podem cair e perfurar os seus pés.

 

Para prevenir todos estes acidentes de trabalho, o calçado de segurança é um dos EPIs mais importantes, daí a necessidade de escolher um bom calçado de segurança que seja adequado ao seu local de trabalho.

 

É a pensar nos trabalhadores da área alimentar que a Dikamar desenvolve diversos tipos de calçado, sendo a bota Eaglegrip®  a que tem mais destaque por ser extremamente leve, confortável e com um design liso que facilita a sua limpeza, algo que é muito importante nesta área. 

Outras notícias Veja também