voltar / Notícias
02 set 2020

SRC? O4? S5? Estes são alguns dos códigos que costumam aparecer quando estamos à procura de calçado de segurança, mas o que é que significam? São importantes? De que forma é que podem determinar que calçado é que deve comprar?

 

Estas são algumas das questões que vamos responder hoje. Também iremos disponibilizar-lhe uma lista de de códigos de segurança e o seu respetivo significado. Deste modo, quando estiver a escolher o seu calçado de segurança, saberá exatamente o que procurar.

 

Em primeiro lugar, o que precisa de saber é que estes códigos representam o nível de segurança do respetivo calçado e asseguram o utilizador de que o calçado cumpre todos os requisitos de um determinado nível de segurança.

 

REGULAMENTOS DE EPI

 

Na União Europeia, a regulamentação que define as obrigações legais dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) é a Regulamentação (UE) 2016/425 de 9 de março de 2016 para o Equipamento de Proteção Individual.

 

É muito fácil saber se um EPI cumpre com este regulamento, verificando se tem uma marcação CE.

 

EN ISO 20345:2011 & EN ISO 20347:2011

 

Estas normas especificam os requisitos básicos adicionais para o calçado de segurança. Poderá saber se um determinado sapato ou bota de segurança cumpre com estas normas verificando a sua respetiva ficha técnica ou descrição do produto.

 

Cada norma refere-se a:


• EN ISO 20345:2011 - Requisitos para uso geral do calçado de segurança.
• EN ISO 20347:2011 - Requisitos para calçado ocupacional que não está exposto a nenhum risco mecânico, como o impacto ou a compressão.

 

CÓDIGOS DO CALÇADO DE SEGURANÇA

 

Agora que já sabe o que cada norma significa, falta perceber o significado dos códigos. Estes códigos fornecem informações importantes relativamente aos níveis e áreas de proteção do calçado.

 

SB

SB significa Segurança Básica. Calçado classificado como SB tem de ter sola antiderrapante e uma biqueira que proteja o pé contra impactos até 200J.

 

S1

Tem todas as características de um SB, mas também tem de ser antiestático, resistente a óleos e ainda tem de ter absorção de energia no calcanhar.

 

S2

Tem todas as características de um S1 e ainda prevenir a penetração e absorção de água.

 

S3

Tem todas as características de um S2 e uma palmilha de proteção resistente à perfuração. Esta palmilha pode ser de metal, ou de outros materiais como o kevlar, mas o importante é que previna que objetos pontiagudos penetrem a sola e que causem um ferimento.

 

S4

Tem todas as características de um S1, mas tem de ser impermeável, o que significa que o material tem de ser diferente. Por norma, calçado S4 são botas de borracha ou polímero inteiramente moldado.

 

S5

Tem todas as características de um S5 e uma palmilha de proteção resistente à perfuração.

 

OB

Calçado OB em termos de proteção só tem de ter uma sola antiderrapante.

À primeira vista, pode parecer desvantajoso escolher um calçado com um menor nível de proteção. Porém, não há necessidade de ter mais proteção se o seu ambiente de trabalho não o exigir, uma vez que mais proteção significa muitas vezes um maior peso para os seus pés.

 

O1

Calçado O1 é antiderrapante, antiestático e tem absorção de energia no calcanhar.

 

O2

Tem todas as características de um O1, mas também tem resistência à penetração de água por pelo menos 60 minutos.

 

O4

Tem todas as características de um O2 e tem um sola perfilada que oferece uma maior conforto.

 

CÓDIGOS DE SOLAS ANTIDERRAPANTES

 

Ter uma sola antiderrapante é de extrema importância para o proteger no seu dia a dia de trabalho. Uma pequena queda pode causar lesões graves. Para evitar que isto aconteça e que se magoe, o calçado de segurança é testado e posteriormente classificado em três diferentes categorias de antiderrapância.

 

- Calçado SRA passou no teste em pavimento cerâmico com detergente.

- Calçado SRB passou no teste em pavimento de ferro com glicerina.

- Calçado SRC passou em ambos os testes de antiderrapância, portanto é o nível mais elevado.

 

CÓDIGOS ADICIONAIS

 

A - Antiestático

E - Absorção de Energia no Calcanhar

P - Resistência à Penetração da Sola

C - Calçado Condutor

EN 50321 - Calçado Eletricamente Isolante

WRU - Gáspea Resistente à Penetração e Absorção de Água

WR - Calçado Resistente à Água

CI - Isolamento Contra o Frio

HI - Isolamento Contra o Calor

HRO - Resistência ao Calor

FO - Resistência da Sola a Hidrocarbonetos

M - Proteção do Metatarso (apenas para EN ISO 20345)

AN - Proteção do Tornozelo

CR - Resistênca ao Corte da Gáspea

 

ESCOLHA O SEU CALÇADO!

 

Agora que já conhece o significado de cada código de calçado de segurança, só falta colocar os seus conhecimentos em prática e escolher o seu novo par de sapatos ou botas.

 

Em primeiro lugar, tem de ter em conta o ambiente em que trabalha. Caso precise do calçado para a construção - que é um ambiente com vários riscos em que materiais pesados podem cair em cima dos seus pés, ou pode acabar por pisar um objeto pontiagudo - tem de procurar por calçado com biqueira e palmilha de proteção, o que significa que deverá escolher entre um S3 ou um S5.

 Calçado RedPro para a construção

Por outro lado, se está a trabalhar numa área como a jardinagem, ou se este é só um hobby que adora, não há necessidade de comprar um calçado com biqueira ou palmilha de proteção. Neste caso, escolha uma bota O4, que é impermeável e que lhe dá um maior conforto.

 

Quer encontrar o calçado perfeito para a sua atividade ou para o seu hobby? Clique aqui  e veja as nossas recomendações de calçado para cada área.

Outras notícias Veja também